19/12/2018

Motorista bate ambulância ao usa-la pela primeira vez para conduzir pacientes


Texto: Elan Drumond
Fotos: Pedrinho Godoy

Descaso com o patrimônio público chega às raias do absurdo
A situação dos veículos que servem às secretarias de Saúde e Educação de Barra de São Francisco/ES é bem pior do que se imaginava. Veículos seminovos estão abandonados na garagem da prefeitura, se deteriorando no meio do mato sem as devidas manutenções.

Os veículos que poderiam estar servindo à população estão abandonados se desgastando com o tempo em virtude das ações das chuvas e do sol. A situação caótica em que se encontram esses veículos demonstra o grau de irresponsabilidade da atual administração.

Veículos seminovos já destruídos
A coisa está tão degringolada, que os próprios servidores estão revoltados com o descaso para com o patrimônio público na atual administração. Há casos de veículos em perfeitas condições serem usados para retirada de peças para uso em outros veículos.

A depredação do patrimônio público proporcionada pela atual administração assusta pela quantidade de veículos sendo consumidos pela ação do tempo. Muitos já estão quase totalmente cobertos pelo matagal, sem que nenhuma providência seja tomada pelos responsáveis.

Motor batido

Veículos novos também estão sofrendo com o descaso. Um servidor ligado ao setor de transporte garante que três veículos Ônix seminovos, com pouco mais de cinco mil quilômetros rodados, estão com os motores batidos em virtude do mau uso por parte de um motorista contratado.

Apesar da insistência, o servidor não revelou o nome do tal motorista, mas garantiu que ele além de ser contratado, pertence a outra secretaria. “Enquanto esse motorista vai destruindo os veículos da Saúde, os motoristas do setor são colocados à disposição no pátio”, disse o servidor.

Ônibus que poderiam estar conduzindo alunos estão abandonados
E não para por aí. De acordo com o citado servidor, esse motorista bateu uma ambulância zerada na primeira viagem que fez a Vitória/ES para levar pacientes. “E o pior que tudo isso acontece e nenhuma providência é tomada por parte da administração”, lamenta o servidor.

Ao finalizar a denúncia, o servidor salientou que o motor de um dos veículos Ônix foi batido na segunda-feira e a ambulância, que estava sendo usada pela primeira vez, foi batida na sexta-feira seguinte. E nas duas ocasiões os veículos estavam sendo conduzidos pelo motorista contratado.

Pneus carecas

Recentemente o servidor Arkdaley Manhães denunciou a situação de uma Van que usou para levar 12 pacientes a São Mateus/ES. Na ocasião ele gravou um vídeo mostrando que o veículo estava com os pneus na lona, colocando em risco a vida do motorista e dos pacientes por ele conduzidos.

A reação da administração foi de prometer abrir uma sindicância para apurar a denúncia e ao mesmo tempo tentar mitigar a gravidade do fato acusando o denunciante de ser encrenqueiro e ter pretensões políticas. Claro está que apurar o caso não é prioridade para a administração.

É revoltante o que estão fazendo com a frota do Município
Servidores que não querem ser identificados para evitar represálias são unânimes ao afirmarem que existe uma “indústria” de destruição de veículos municipais. “É preciso que a administração tome providências enérgicas, pois não é possível continuar assim”, disseram eles.

O que está ocorrendo no Município, bem debaixo dos olhos da administração omissa, é um crime contra o patrimônio público. E cabe ao Ministério Público tomar as providências no sentido de responsabilizar a administração por sua omissão perniciosa diante de fatos tão graves.

A equipe do Cacete News faz um agradecimento especial ao bacharel em direito e inspetor penitenciário Pedrinho Godoy, que também tem denunciado essa situação deplorável pelas redes sociais, pela cessão das fotos dos veículos. Veja abaixo a situação dos veículos pertencentes à municipalidade e tire suas conclusões a respeito da administração:










Nenhum comentário:

Postar um comentário