09/01/2019

Abandonado pela administração Conselho Tutelar funciona de forma precária

Texto: Elan Drumond

O órgão não recebe a devida atenção

É assustadora a quantidade de denúncias encaminhadas ao Cacete News por parte de pessoas revoltadas com a inércia do prefeito Alencar Marim (PT), que em dois anos de administração ainda não deu o ar de sua graça. Segundo os denunciantes, “ele está devagar, quase parando”.

De acordo com os denunciantes, além de ser um administrador medíocre, o atual prefeito sempre que se vê às voltas com algumas dificuldades, para se explicar tenta colocar a culpa em governos anteriores, usando sempre a velha e esfarrapada desculpa de “herança maldita”.

A mais recente denúncia encaminhada a este site dá conta de que o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, que funciona precariamente por falta de atenção por parte da administração, está desde meados do ano passado sem internet para realizar os mais simples serviços.

Como se não bastasse conviver com esse abandono, há denúncias de que o prefeito não paga as diárias dos conselheiros que precisam se deslocar a trabalho para outras localidades. “O conselheiro, que ganha uma mixaria, tem que pagar as despesas do próprio bolso”, disse o denunciante.

Ainda segundo o denunciante, há conselheiros com várias diárias a receber do Município que nunca são pagas. Este site tentou manter contato com o órgão, mas não foi atendido. Contudo, se tal denúncia se confirmar, o que o prefeito está fazendo é uma arbitrariedade contra os conselheiros.

O certo é que o Conselho Tutelar sempre foi um órgão abandonado pelas administrações e atualmente nem veículo para realizar seu trabalho possui. Por isso, segundo informações, tem que usar indevidamente um veículo de uso exclusivo do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).




Nenhum comentário:

Postar um comentário